ELES SÃO NOSSOS EMPREGADOS E NÃO NÓS DELES. O POVO TEM DE ENTENDER ISSO.

Deixe uma resposta